Google+ Followers

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Bebida nossa de cada dia


Inverno combina bem com bebidas quentes





Inverno combina com comidinhas da infância

Com cheiro de casa

Com conversas na cozinha...

Enquanto a Lenise faz uma sopa, conta uma historinha para Alice...


Se a Débora faz um bolinho de chuva, sua cozinha deve estar cheia de adolescentes barulhentos e famintos...


Na casa da Letícia é o café que aquece a casa com seu o cheiro delicioso...



Eu, aproveito o primeiro dia da estação (inverno) - que mais parece uma volta no tempo - para ensinar a Flor fazer a bebida dos justos... Não, não é porque ela está em seu primeiro encantamento (namorando) e precisa aprender... não. É porque ela já está crescida e pode mexer no fogão, e todo ser humano que deseja ser um bom anfitrião deve saber - café é acolhedor, é chique.


Receita do Pai


Engana-se quem pensa que fazer café não tem lá seus segredos.

Não pode ser "água de batata" nem forte demais.

- Então, Flor, para não errar a mão no cafezinho caseiro, a receita só pode ser esta:

Ingredientes:
- 500 ml de água (meio litro - meu pai diria)
- 04 colheres de açúcar
- 02 colheres e meia de pó de café
* Obs.: se quer maior quantidade dobre a receita

Modo de fazer:
Coloque a água para ferver
Acrescente as 4 colheres de açúcar
Quando a água levantar fervura, acrescente as duas colheres de pó de café e passe pelo coador.

O Segredo:

 Segredo nº 1 - Para que tenha o gosto inconfundível do café do meu pai (café de casa) é preciso que seja feito em coador de pano (preferência flanela).

Segredo nº 2 - Será revelado aos que procurarem maria.cgraciano@hotmail.com


2 comentários: